quinta-feira, 1 de março de 2012

Você exerce sua cidadania?


Segundo o dicionário, cidadão é o habitante da cidade.

Ser cidadão é ter direito à vida, à liberdade, à

propriedade, à igualdade perante a lei: é, em resumo, ter

direitos civis. É também participar no destino da sociedade,

votar, ser votado, ter direitos políticos. Os direitos civis e

políticos não asseguram a democracia sem os direitos sociais,

aqueles que garantem a participação do indivíduo na riqueza

coletiva: o direito à educação, ao trabalho, ao salário justo, à

saúde, a uma velhice tranqüila. Exercer a cidadania plena é ter

direitos civis, políticos e sociais.

Jaime Pinsky. História da cidadania. (Org. Contexto 2003)

fonte do texto.UnB / CESPE – Banco do Brasil S.A. –Seleção 2003/001 – Aplicação: 27/7/2003

Bem caros amigos navegando pela net achei este texto em uma prova de

concurso o qual me fez refletir em que aspecto o estado, e

eu tenho contribuído para que este conceito de cidadão seja realmente

aplicado com eficácia.

Então me perguntei:

1-O que estou fazendo ou devo fazer para melhorar a comunidade ou

cidade onde moro?

2-Poderia fazer algo mais para ajudar?

3-Se temos direito a uma velhice tranqüila, porque vejo tantas pessoas

velhas catando recicláveis para complementar a aposentadoria, e suprir

suas necessidades?

4-Estou observando o que acontece no meu bairro, ou com meu vizinho?

5-Somos realmente cidadãos ou nos rotularam para poder tirar proveito

assumindo um poder público e com isso angariar vantagens?

6- Exerço de fato minha cidadania?

7-Porque o estado e a união ignora os idosos?

Refletindo sobre estas perguntas, descobri que poderia estar contribuindo mais para o bem comum da comunidade, deixando de lado as obrigações do estado e fazendo a minha parte.

Waldir Galis.


Meus poemas e contos estão registrados

myfreecopyright.com registered & protected