sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Vaidade



Quando nascemos as mães em um amor profundo,
Colocam roupinhas bonitas para mostrar ao mundo,
Na escola e na vizinhança ainda como criança,
Queremos ser a esperança de um futuro porvir. 
Já na maturidade com os anos passados,
Tentamos esconder o que na cara da para ver, 
Mulheres usam maquiagem, homens até depilagem,  
é isto que hoje se vê.
Vaidade, para esconder a beleza da idade que um dia vou ter.
Cada ruga no rosto, cada calo na mão, 
Sinta orgulho no peito, amor no coração e muita gratidão,
 Pois cada passo que da, ou cada tombo ao chão,
É permissão de Deus para consagração
Não importa sexo ou idade, tudo é vaidade para mostrar para sociedade 
Um corpo que você renegou e com artifícios o camuflou 
Vamos andar com fé na pureza, assim como a natureza que Deus nos deixou.


Assim diz o pregador "Debaixo do sol tudo é vaidade" 

(Waldir Galis)

Meus poemas e contos estão registrados

myfreecopyright.com registered & protected