quarta-feira, 4 de julho de 2012

Blogagem coletiva Café entre Amigos=Filmes que marcaram a minha vida





Terceira Blogagem Coletiva Cafe entre Amigos, com o tema Filmes que marcaram a minha vida.


Em 1946, Andy Dufresne (Tim Robbins), um jovem e bem sucedido banqueiro, tem a sua vida radicalmente modificada ao ser condenado por um crime que nunca cometeu, o homicídio de sua esposa e do amante dela. Ele é mandado para uma prisão que é o pesadelo de qualquer detento, a Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine. Lá ele irá cumprir a pena perpétua. Andy logo será apresentado a Warden Norton (Bob Gunton), o corrupto e cruel agente penitenciário, que usa a Bíblia como arma de controle e ao Capitão Byron Hadley (Clancy Brown) que trata os internos como animais. Andy faz amizade com Ellis Boyd Redding (Morgan Freeman), um prisioneiro que cumpre pena há 20 anos e controla o mercado negro da instituição.


Quem não se emociona com a historia de John Coffey, preso injustamente.


As vezes temos que fazer como o anjo Seth se lançar atrás de nossos sonhos.


Landon é um jovem sem metas e irresponsável, que foi punido por ter feito uma brincadeira de mau gosto à um rapaz que quase fica paraplégico. Como punição, o diretor da escola faz com que ele participe da produção de uma peça que está sendo montada, onde se aproxima de Jamie Sullivan, filha do pastor da pequena cidadezinha onde moram, uma garota "certinha" que o ajuda a ensaiar para a peça com apenas uma condição: ele não pode se apaixonar por ela. Eles se apaixonam, mas Jamie guarda o segredo , ela tem leucemia.



Sean Archer é um agente do FBI que vê o seu filho ser morto por Castor Troy, um terrorista psicopata.
Durante muito tempo o agente tenta capturá-lo e, quando finalmente consegue, descobre que uma grande bomba está colocada no centro de Los Angeles,por obra de Castor Troy, que logo em seguida a captura , entra num coma profundo.
Assim, Sean Archer, utilizando uma nova técnica revolucionária, troca de rosto com Castor Troy, para conseguir através do seu irmão a localização da bomba. Mas o criminoso sai do coma, e vai em busca da familia do agente, fazendo-se passar por ele e assassinando todas as testemunhas que sabem que o aparente Castor Troy é na verdade o agente Sean.

O ano é de 180 d.C. e o general romano Maximus, servindo ao seu imperador Marco Aurélio, prepara seu exército para impedir a invasão dos bárbaros Germânicos. Após o combate, Maximus fica sabendo que Marco Aurélio, já velho e ciente de sua morte, quer lhe passar o comando do Império Romano. A trama onde Commodus, filho do imperador, mata o pai, assumindo o comando do Império, não é historicamente verídica. Na verdade, Commodus assumiu quando seu pai morreu afetado por uma peste, adquirida durante uma nova campanha no Danúbio. Enquanto Commodus assume o trono, Maximus que escapa da morte, torna-se escravo e gladiador, travando batalhas sangrentas no Coliseu, a nova forma de divertimento dos romanos. Maximus, disposto a vingar o assassinato de sua mulher e de seu filho, sabe que é preciso triunfar para ganhar a confiança da platéia. Acumulando cadáveres nas arenas o gladiador luta por uma causa pessoal, de forma quase que solitária e leva benefícios ao povo, submetido pela política do "pão e circo". "Nesta vida ou na próxima eu terei minha vingança". Maximus sabe que o controle da multidão será vital para que possa arquitetar sua vingança, que culmina em um combate com o próprio Commodus.

As historias desses filmes me emocionaram e fizeram pensar.

Meus poemas e contos estão registrados

myfreecopyright.com registered & protected