quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Meu grande amor.



Estou com um sentimento que não consigo dizer
Penso em você do amanhecer ao anoitecer
Mesmo no trabalho não consigo te esquecer
Que de dia ou de noite me impulsiona a viver
Não consigo não me imagino sem o teu querer
Vou me embrenhar em seus devaneios
Amar-te e bem devagar deixar a vida passar
Sem medo, sem vergonha e sem complicar
É tão simples que não da para negar
Quando encontrei a pessoa certa o tempo eu quis congelar
Para te provar que isso não vai passar
Quando estou longe, lagrimas correm por momentos que não se pode apagar.
Quando estou perto lagrimas correm de um coração que esta a completar
Sentimento que aflora sem consentimento, e vai coração adentro até o acordar
E com o tempo amadurece e não corre o risco de murchar
Porque cada dia é um novo amanhecer de com você conviver sem nunca me ausentar.
Te digo “Para sempre vou te amar”

Para minha amada esposa.

Waldir Galis

Meus poemas e contos estão registrados

myfreecopyright.com registered & protected